CARRIE, A ESTRANHA — Stephen King

Título: Carrie, A Estranha
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Ano: 2013
Páginas: 200
O livro narra a atormentada adolescência de uma jovem problemática, perseguida pelos colegas, professores e impedida pela mãe de levar a vida como as garotas de sua idade. Só que Carrie guarda um segredo: quando ela está por perto, objetos voam, portas são trancadas ao sabor do nada, velas se apagam e voltam a iluminar, misteriosamente.
Com tantos ingredientes de suspense, Carrie, a Estranha logo se transformou num enorme sucesso internacional. Ao ser transportado para as telas, em 1976, pelas mãos de Brian de Palma, teve a atriz Sissy Spacek e John Travolta em seus papéis principais.

Carietta White poderia ser uma adolescente normal, que está prestes a se formar no Ensino Médio, não fosse o fanatismo religioso de sua mãe e o bullying que sofre constantemente dos colegas de escola. Mas não é só isso que faz de Carrie uma pessoa "estranha": ela tem poderes de telecinese, ou, como explicado no livro, ela possui o gene TC, que faz com que tenha poderes de realizar comandos a objetos e outras pessoas apenas com o poder de sua mente.

Este é um poder raro e desconhecido pela ciência ou até mesmo pela população de modo geral, algo que recebe pouca atenção, mas que no caso da Carrie, acaba tendo consequências devastadoras após ser humilhada na noite do seu baile de formatura do Ensino Médio e decidir se vingar de toda a cidade.

Sei que poucos elementos nesta história são novidades para você, leitor. Com toda a certeza você já assistiu a alguma das adaptações cinematográficas que este livro teve, ou já ouviu falarem no seu círculo de amigos. Mas o livro, a escrita do Stephen King consegue te deixar ainda mais absorto e, digamos, "assustado", do que qualquer elemento presente nos filmes.

De qualquer maneira, os fatos que citei acima não são realmente spoilers, já que pela maneira que o livro foi escrito, sabemos logo de cara que algo ruim irá acontecer, que várias pessoas irão morrer. O que intriga e instiga o leitor é saber COMO isso aconteceu, sobretudo na cabeça da Carrie. Como uma garota aparentemente normal (apesar de tachada como estranha por seus colegas) poderá fazer tantas atrocidades, mesmo tendo o poder da telecinesia. E o pior, quais serão os fatos que a levarão a fazer isso.

Confesso que no começo senti um pouco de falta de uma descrição detalhada dos personagens, uma estruturação maior da história em sí, mas isso não faz nenhuma diferença no conjunto da obra. Mesmo com uma construção dita pequena, os personagens conseguem despertar sentimentos como ódio, asco e compaixão.
Carrie, a Estranha, não é um livro de terror comum, com monstros, fantasmas, situações e etc que causam horror e espanto, mas sim uma obra que nos faz refletir sobre os horrores da vida em sociedade, como pais abusivos, fanatismo religioso e também o bullying, coisas que podem (e tem) efeitos tão negativos sobre a vida de cada um e alteram seu destino e personalidade.

Estranha é a sua mãe. Ah, como eu queria que Carrie soubesse disso!


MINHA CLASSIFICAÇÃO:


Me acompanhe nas Redes Sociais:

14 comentários

  1. oi, oi.

    acredita que eu nunca li nenhum livro do Stephen? sempre leio várias resenhas dele, mas sempre me bate um medo... uma amiga me indicou pra ler "o cemitério", que provavelmente será minha próxima leitura. tu já leu esse? é bom?

    sobre a tua resenha, a história da Carrie e já conhecia por alto, mas não imaginava que era tão interessante assim, apesar de eu ter medo dos sustos. hahaha. vou adicionar na listinha.

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adriel!
      Esse foi meu primeiro livro do Stephen também! Mas oh, pelo que eu já ouvi falar de O Cemitério, e levando em conta que você tem medo dos sustos... Você não deveria começar por esse livro não. Já ouvi falar inclusive que ele é o mais assustador do King! Aliás, Carrie não dá sustos não, viu? Pode ir sem medo.

      Um beijo e obrigada pelo comentário!

      Excluir
  2. Oi Jéssica!
    Acredita que nunca vi nenhuma adaptação de Carrie? hahaha
    Sei sobre o enredo, mas acho que seria pega de surpresa se lesse o livro. Gostei da dica, quem sabe o livro entre pra lista desse ano. =)
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mentiraaaaaaaaa! Sério que você não assistiu nenhuma das versões? :O
      Confesso que eu só vi a da década de 90, que sempre passava no SBT KKKK A versão antiga não tenho coragem, e a nova... Não gosto da Chloe Moretz :X
      Mas leia Carrie sim! O livro me surpreendeu bastante!

      Um beijo!

      Excluir
  3. Oi Jessica, tudo bem?
    Me sinto um peixe fora da água quando vejo que nunca assisti nenhuma adaptação dessa história e nem li ao livro.
    Sei um pouco sobre a história por causa das pessoas que comentam muito sobre, mas nunca parei para ler o livro que parece ótimo, a propósito.
    Beijos, http://lendocomabianca.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SÉRIO? Minha nossa! Mas olha, tem tanta ente que vê esse post e fala que também nunca assistiu a nenhum dos filmes que... nossa, nem to surpresa mais KKKK.
      Se tiver a oportunidade leia o livro sim, é muito bom! E mesmo você sabendo de cara o que acontece, é super interessante!

      Um beijo e obrigada pelo comentário!

      Excluir
  4. Meu Deus, esse livro é MARAVILHOSO, o Stephen é realmente um King!! Apesar da adaptação recente com a Chloe e o Ansel ter sido um fiasco, esse livro é "!!!!!!!!"

    http://www.duasamigaseumblog.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cailin!
      Siiiiiiiiim, esse livro é maravilhoso! É o primeiro que leio dele, mas com certeza não será o último <3

      Excluir
    2. AMEEEEEEEEEEEEEEEI <3 sou super fã do tio King (apesar de ainda ter trilhões de livros dele pra ler). Já leu Salem ou O iluminado? São tipo TOP,TOP!
      Vamos nos ajudar - http://goo.gl/0rcfbw

      Excluir
    3. Li recentemente um livro dele, porém em pseudônimo de Richard Bachman e sinceramente desse eu não curti muito, mas não se julga um escritor por apenas um livro né, as vezes acontece isso mesmo. (a leitura foi beeeem arrastada)

      Já em questão Salem ou O iluminado eu não li ainda, mas esse último confesso que estou bastante curiosa por esse livro, mas quero ler primeiro Under the Dome, afinal a série de tv é adaptada por esse livro e eu AMO essa série!

      Duas Amigas e Um Blog

      Excluir
  5. Oi Jés!

    Tenho esse livro na estante virtual há tempos, quem sabe não seria a hora de lê-lo, por fim? Assisti todos os filmes, mas tenho certeza que mesmo tão bons, não se comparam ao livro. A capa também é maravilhosa, sobre a sinopse já nem tem mais o que comentar, né? História mais do que comentada, hahahaha. Sua resenha está linda e bem construída, obrigado por trazer a indicação! King é um autor fenomenal. Beijo grande.

    Ewerton Lenildo - Viajante das Letras.
    viajantedasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ewerton!
      Leia siiiiiiiiim! Carrie é um livro muito bom, principalmente porque a gente sabe como termina, ou melhor, o que acontece com a Carrie, mas mesmo assim a escrita é super envolvente! Fora que eu sou apaixonada por essa nova capa - a as novas que a Suma de Letras vem lançando do King!

      Um beijo e obrigada pelo comentário!

      Excluir
  6. Eu já li esse livro 2x <3
    Só não sou fãs das adaptações cinematográficas rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é muito maravilhoso né Clayci? *--*
      Não vejo a hora de ler outros do King!

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, dica, sugestão ou resposta ao post.
Um abraço, e volte sempre <3