O HOBBIT — J. R. R. Tolkien

Título: O Hobbit
Autor: J. R. R. Tolkien
Editora: Martins Fontes
Ano: 2013
Páginas: 306
Um grande clássico moderno e prelúdio de O Senhor dos Anéis.
Bilbo Bolseiro é um Hobbit que leva uma vida confortável e sem ambições, raramente aventurando-se para além de sua despensa ou sua adega. Mas seu contentamento é perturbado quando Gandalf, o mago, e uma companhia de anões batem à sua porta e levam-no para uma expedição. Eles têm um plano para roubar o tesouro guardado por Smaug, o Magnífico, um grande e perigoso dragão. Bilbo reluta muito em participar da aventura, mas acaba surpreendendo até a si mesmo com sua esperteza e sua habilidade como ladrão!
Escrito para os filhos de J. R. R. Tolkien, O Hobbit conquistou sucesso imediato quando foi publicado em 1937. Vendeu milhões de cópias em todo o mundo e estabeleceu-se como "um dos livros mais influentes de nossa geração". - The Times
Sempre ouvi falar muito da escrita do Tolkien, em especial devido a O Senhor dos Anéis e toda a magnitude que o livro tomou após a produção dos três filmes (lógico que antes já era um clássico moderno, mas o que chamou minha atenção há anos atrás foram os filmes). Mas confesso que nunca me interessei realmente, nem sequer pelos filmes, pois sempre imaginei que seriam maçantes devido a sua longa duração - cada um tem aproximadamente 3 horas! Acontece que, desde que minha irmã leu e se apaixonou por O Hobbit, fiquei muito curiosa para conhecer essa história escrita por J. R. R. Tolkien. Ainda não sei se lerei O Senhor dos Anéis, mas não posso negar que O Hobbit é simplesmente encantador!

O livro se inicia quando Bilbo Bolseiro, um Hobbit descendente das famílias Tükk - aventureiros - e da família Bolseiro - mais quietos e "certinhos" -, que nunca ousou aventurar-se muito longe de sua toca na encosta de um morro, recebe a indesejável visita do conhecido mago Gandalf e de treze anões, que o convidam (melhor dizendo, o intimam) a participar de uma longa jornada para recuperar o tesouro de seus antepassados, que foi roubado há muitos anos pelo temido Smaug, o Dragão, que vive nas entranhas da Montanha Solitária, o que envolve uma viagem aos ermos, através da Terra Média.

Por ser um hobbit - um ser ainda menor que um anão - Bilbo acaba sendo convidado e escolhido por Gandalf para ser o grande ladrão do tesouro, alegando que ele tem muito talento para exercer a função - mesmo que Bilbo nunca tenha ousado roubar nada em sua vida. Sem escapatória, e com a promessa de que receberá a 14ª parte do tesouro quando conseguir recuperá-lo, o hobbit acaba escutando sua parte Tükk e topa participar desta grande jornada, que acaba se mostrando mais longa e aventurada do que ele sequer poderia supor.


Orcs, Aranhas Gigantes, Elfos, Lobos Selvagens... Estas são apenas algumas das criaturas que eles acabam tendo que enfrentar durante todo o longo percurso, isso sem falar da Floresta Negra e de outros perigos encontrados no meio do caminho. Mas também conhecem alguns amigos, como Beorn e as Águias Falantes. Isso sem falar de todos os desafios que encontrarão após recuperar o tesouro.

A narrativa leve e divertida de O Hobbit poderia fazer dele apenas mais um livro, não fosse a mente brilhante de Tolkien, sua imaginação e suas descrições. Algo que de cara conquistou meu coração (principalmente porque me lembrou de um dos meus autores favoritos, Machado de Assis) foi o fato de Tolkien - ou melhor, o narrador da história - conversar com o leitor e dar pequenas dicas do que vai acontecer mais para frente no livro, instigando e deixando o leitor curioso.

E isso é incrível, porque a gente fica com a sensação de que existem várias histórias dentro de O Hobbit, pois cada uma das aventuras tem começo, meio e fim, mas acabam "se juntando" e fazendo ainda mais sentido no final. Além do fato de Bilbo ir crescendo e desenvolvendo ainda mais sua personalidade durante todo o livro.

Confesso que algo que me incomodou um pouco foi a ausência de "finalidade" para tudo aquilo que estava acontecendo. Pra quê roubar o tesouro? Para quê o Bilbo precisava participar de tudo isso? Isso acaba sendo explicado rapidamente ao final do livro, mas acabou fazendo com que eu desse 4, e não 5 estrelas para o primeiro livro de Tolkien que li.


MINHA CLASSIFICAÇÃO:

10 comentários

  1. Não é muito o gênero que gosto, nem o filme eu gostei hahahaha
    Beijo

    Dicas para Todas

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Ainda não li nada do Tolkien, acredita? gosto de fantasia assim e preciso dar uma chance!. Adorei a resenha, acho que vou gostar da leitura.
    Abraço!
    Leitura Fora de Série - Leitura Fora De Série

    ResponderExcluir
  3. Oi Jéssica!
    "O Hobbit" assim como "Senhor dos Anéis" é uma meta de leitura.
    Saber que você gostou me dá mais animo para ler, porque sei que a leitura será bem complicada.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. AMO DEMAIS! Queria eu viver as aventuras descritas em cada passagem e capítulo deste livro. <3
    E sim, os filmes também são um estouro de produção! Qualidade impecável. Obrigado pelo post maravilhoso e por proporcionar tanta alegria. <3 <3 <3

    Ps: adorei conhecer o lindo cantinho.

    Ewerton Lenildo - Viajante das Letras.
    viajantedasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, xará! Tudo bem? Do Tolkien eu já li a trilogia de "O Senhor dos Anéis" e eu confesso que amei, mas a leitura foi muuuuito lenta. O mundo que ele criou é genial, mas o cara descreve até o formato da pedra que o personagem tropeçou enquanto procurava alguém e... por aí vai. E é por isso que eu sou louca para ler "O Hobbit" por ser completamente diferente! Posso estar errada, mas acho que esse é o livro que ele escreveu para os filhos dele e imagino que por essa intenção a história seja mais envolvente, menos arrastada. Espero poder ler logo e curtir o livro tanto quanto você! Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Meu Deus, o que dizer desse livro? Eu gosto tanto, mas tanto de Tolkien... ai ai <3 É simplesmente mágica a forma como ele escrevia, o jeito que descreve cada detalhe. Uma espécie de literatura de imersão, onde o leitor se sente parte da história (quem garante que eu não era uma daquelas elfas D-I-V-A-S no passado?). Eu gosto particularmente de O Hobbit, tudo na história me encanta <3 Adorei a resenha! Um beijo : *

    www.fleurdelune.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Jéssica,
    Ainda quero ter os livros do Tolkien na minha estante...
    Sempre que o Submarino faz aquela promo linda deles, to sem grana :(

    Eu vi filmes desse e até curti, mas a experiência da leitura deve ser tão mágica quanto.
    Linda sua resenha.

    P.S.: Que bacana que você também tem a versão espanhol de Marina. O meu espanhol é fraco, não sei se conseguiria ler rápido hahaha

    tenha um ótimo final de semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  8. Olá Flor Tudo bem?
    E a primeira vez que visito seu blog, e ele me conquistou de imediato, o fato de você ter feito a Resenha de Hobbit me conquistou ainda mais HAHAHAH, eu assisti todos os filmes, mais acreditei que não conseguiria ler o livro, por isso nem me dei o luxo , pois assim como você acreditei que a leitura era Difícil e complicado e cansativa principalmente, mas você me fez mudar de idia completamente, agora estou ansiosa para iniciar a leitura <3 ACHEI UMA Fofura,você escrever muito bem, parabéns pela Resenha, BEIJOS.
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Depois de ver umas 3 vezes cada filme eu não consegui ficar sem ler o livro. Comprei e li nas férias, foi uma das melhores leituras do ano. Recomendadíssimo
    www.rumorandhorror.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Jéssica !
    Eu AMO "O Hobbit", e sou apaixonada pela escrita do Tolkien, estou com a leitura de "O Senhor dos Anéis" parada, porque infelizmente não consigo ler direito a edição que tenho (Volume Único), vou ter que pega-los separadamente na biblioteca e ler.
    Eu amo os filmes também, enfim, toda Terra Média é fantástica !
    Beijos, Sorvete Literário

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário, dica, sugestão ou resposta ao post.
Um abraço, e volte sempre <3