[Tentanto assistir] Um filme por semana #07


Eu sei que tooodo começo de post do Um Filme por Semana é a mesma história: não pude assistir realmente a um longa em cada semana do mês por causa da faculdade, da preguiça, da falta de tempo, etc etc. Então querem saber? Desisto. Não para sempre, porque eu realmente quero muito um dia na vida conseguir ver certinho pelo menos um filme a cada semana do mês, do ano, mas essa coisa de estar no último ano da faculdade não ajuda em nada.

Por isso resolvi que farei um post a cada 4 ou 5 filmes assistidos. Se eu conseguir assistir a todos em um só mês, eu aviso. Se não conseguir (o que anda sendo muuito mais comum, não é mesmo?) eu só falo o período em que foram assistidos: no caso deste post, eles foram vistos entre o começo de maio e final de junho.

24. Tão Forte e Tão Perto (Extremely Loud and Incredibly Close).
Não sei, sempre que ouvia falar nesse filme sentia vontade de descobrir o que ele escondia, porque eu achava que ele escondia muitos segredos por causa desse nome. É um longa ao mesmo tempo tão bonito, tão forte, mas tão sensível, tão tocante, que foi impossível não me encantar! Ele trata de tantos assuntos ao mesmo tempo, que poderia ser confuso, mas é simplesmente emocionante e espetacular! A reação de uma criança a morte do pai, sua relação com a mãe, sua busca por uma pessoa ligada ao pai através do sobrenome, as voltas que a história dá até chegar na essência: o amor em família... Poxa, simplesmente encantador! 5 estrelas.
25. Família do Bagulho (We're the Millers).
Um dos filmes mais engraçados que já assisti! Com destaque para a Jennifer Aniston e a Emma Roberts sendo maravilhosas e muito engraçadas neste papéis, haha! Também morri de rir com os outros dois personagens principais e toda a viagem dos Millers até o México. Isso sem falar das cenas com o bebê de maconha que eu simplesmente MORRI DE RIR! Só não dei 5 estrelas por causa da "base" da história, que achei um tanto quanto fraca. Mas o final me surpreendeu e deixou super feliz, então... 4 estrelas.

26. Minha Mãe é Uma Peça: O Filme.
Não, eu não tinha assistido esse filme ainda. Sim, eu morro de rir com o Paulo Gustavo. Sim, eu adorei o filme. Não, eu não gosto muito de filmes nacionais (encontrei o que não gosto nesses filmes conversando com um amigo da faculdade: eles são muito atemporais, por isso me dão a sensação estranha que sinto ao assistí-los, sabe?). Minha Mãe é Uma Peça é muito engraçado! Não a história em sí, porque achei ela bem sensível até, mas as tiradas e as frases da Dona Hermínia são maravilhosas! E gente, a mãe do Paulo que inspirou ele a criar a personagem é ainda pior que ela, socorrooooooo! O que estragou pra mim foi aquele final! Porque não pararam na parte que ela dá entrevista pra TV, ein????  4,5 estrelas.


27. O Jogo da Imitação (The Imitation Game).
Sempre admirei de longe o trabalho do Benedict Cumberbatch (morro de vontade de assistir Sherlock, inclusive) e quando vi esse filme no Oscar e fiquei sabendo que se passava no período da II Guerra Mundial pensei que era a oportunidade perfeita de ter um primeiro contato com o trabalho dele. Gostei bastante do filme, principalmente pelo protagonista, mas acho que faltou profundidade. Para um filme que se propõe a ser uma biografia, faltou detalhes. Faltou também detalhes sobre a Guerra, sobre a homossexualidade do Alan... O filme acaba sendo mais uma mostra de como foi criado o primeiro computador do que qualquer outra coisa. Mas como boa amante da informática, mesmo assim gostei demais. 4,5 estrelas.


28. A Teoria de Tudo (The Theory of Everything).
Estava morrendo de vontade de assistir esse filme desde que foi lançado (na verdade antes, quando lançaram os primeiros trailers na época do Desafio do Balde de Gelo, lembram?) e o número de indicações ao Oscar (e as estatuetas que levou) só aumentaram essa minha vontade e as expectativas! Estava com um pouquinho de medo de me decepcionar, porque como disse, a expectativa estava bem alta, mas genteeeeee QUE AMOR! Simplesmente me encantei pela história! O Eddie estava maravilhoso de Stephen, igualzinho! Fora as referências a Doctor Who que me fizeram dar boas risadas. Gostei da maneira como tudo foi tratado com delicadeza. Até iria gostar se tivessem se aprofundado mais na doença do Stephen, mas achei perfeito e sensível do jeito que foi.
Sempre admirei muito o Stephen Hawking, e esse filme me fez admirá-lo ainda mais! E o mais bacana foi saber que ele e a Jane ainda continuam amigos mesmo após a separação (como dá pra ver bem nas fotos da premiere do filme). 5 estrelas e favorito siim

O que você achou desse novo formato de post? Me conte também o que andou assistindo nos últimos meses! Ah, e se você já assistiu algum dos filmes deste post, não esqueça de me contar o que achou, ein?

16 comentários

  1. Minha Mãe é uma Peça é ótimo! Eu nunca ri tanto com um filme brasileiro. Mas também não gostei do fim. Um beijo : *

    www.fleurdelune.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também ri muitooooo Letticia KKKKK Dona Hermínia rainha desse Brasil haha.
      Né? O final é bem forçado, poderia ter acabado lá na hora que os filhos vão atrás dela no parque, hehe.
      Um beijão e obrigada pelo comentário!

      Excluir
  2. minha mãe é uma peça é foda hahha ^^

    http://nataliloure.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKK Nem fale Natali, esse filme é muito engraçado! Dona Hermínia rainha demais!

      Excluir
  3. Desses ainda não assisti Tão Forte e Tão Perto mas parece ser lindo! A Teoria de Tudo e O Jogo da Imitação são geniais, sou apaixonada por eles <3

    BLOG | FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER | YOUTUBE
    SNAPCHAT: alineeb8

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista sim Aline! Muito encantador e sensível o filme, amei amei!
      A Teoria de Tudo estou simplesmente apaixonadaaaa!

      Excluir
  4. Oi, tudo bom?
    Nossa, é muito difícil eu assistir algum filme, só nos finais de semana e olhe lá. Gostaria muito de ver Minha mãe é uma Peça. Não sou fã dos nacionais, porém esse filme é muito elogiado.
    Beijos, lendocomabianca.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Bianca, acho que você deve assistir muito mais que eu então KKKK Nem nos finais de semana assisto! Por isso tentei fazer o projeto de um filme por semana, mas também não está dando muito certo :/
      Assista sim, é muuuuuito engraçado!

      Excluir
  5. Adorei esse formato de post, ficou lindo!!
    Ainda não assisti nenhum desses filmes, mas quero ver logo!!
    Um beijo
    Katrine Bernardo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ain, obrigada Katrine, fico muito feliz que você gostou *-*
      Ah assista todos se possível! Mas principalmente A Teoria de Tudo, é encantador!

      Excluir
  6. Ameeei suas indicações!
    A Teoria de Tudo é um filme perfeito <3
    Te seguindo por aqui!
    Beijo

    Dicas para Todas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado Mari!
      E bota perfeito nisssoooo <3
      Obrigada amore *-*

      Excluir
  7. Olá, já assisti os dois últimos e nossa, são dois ótimos filmes. A Teoria é bem mais emocionante por ser uma história real. O ator mereceu seu Oscar! Adorei o post!

    Aliás, adorei teu cantinho! Seguindo!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale Joi, eu fiquei simplesmente apaixonada por esse filme!
      Ain, fico muito feliz que tenha gostado do blog amore <3

      Excluir
  8. Oieee
    Tudo bem?
    Quero muito assistir o Jogo da Imitação *0* e a Teoria de Tudo é um máximo. Me apaixonei por esse filme, mas não consegui ler o livro kkk
    Beijinhos Screepeer
    http://screepeer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ágatha!
      O Jogo da Imitação é mesmo muito bom! Mas como eu disse, poderia se aprofundar mais nos temas trabalhados.
      E também não li A Teoria de Tudo, mas pretendo fazer isso em breve *-*

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, dica, sugestão ou resposta ao post.
Um abraço, e volte sempre <3