5 vezes que a vida me fez gótica rockeira

~{Antes de mais nada, o título do post não passa de uma zoeira, ok? Aliás, o post todo se trata de uma brincadeira sobre o Dia do Rock, portanto não o levem tão a sério}~

Hoje é Dia do Rock, bebê! E como já é de costume aqui no blog, vai ter post falando sobre rock n' roll sim, e se reclamar vai ter dois (oiq)! Aproveitei essa ideia maravilhosa que foi o Meme do mês de Julho do Rotaroots, dei uma pequena adaptada, para contar pra vocês de onde vem essa tendência gótica, rockeira e vampira que habita o meu ser. Que tal descobrir mais sobre o que deu origem a toda essa trevosidade? Continuem lendo o post!

5. Quando a Morgana era minha personagem favorita em Castelo Rá-Tim-Bum.
Claro que eu gostava muito das crianças, em especial do Nino, mas minha personagem favorita do Castelo Rá-Tim-Bum sempre foi a Morgana! Ficava o episódio todo esperando para ver a cena dela no quarto com a Adelaide (e ficava triste porque ela interagia pouco com as crianças, confesso), onde contava suas aventuras de quando era uma jovem bruxa, ou dava aulas de história para a gralha do jeito mais divertido! Sem dizer que o visual exagerado da personagem me encantava e era um tanto quanto gótico (afinal, boa parte dos bruxos da ficção também são). Além de me iniciar no mundo gótico, ela também foi a primeira bruxa que gostei, o que abriu as portas para a saga Harry Potter (e o Severus Gótico Snape, meu favorito desde sempre), por exemplo.

4. Quando eu era L-O-U-C-A pela novela O Beijo do Vampiro.
Quando eu tinha entre 8 e 9 anos começou a ser transmitida a novela mais épica (fantasiosa, doida e nada a ver com nada, se formos olhar para trás) de todos os tempos! Foi O Beijo do Vampiro que deu início à minha fase noveleira e desencadeou um amor platônico pelo Kayky Brito. Mas quando se trata de ser rockeira e gótica... Eu adorava o visual dos vampiros da novela, com muito roxo, muito preto e muita maquiagem com direito ás lentes brancas/acinzentadas. E apesar de ter o melhor pai do mundo, sonhava que um dia ia aparecer um vampiro para reclamar minha paternidade, ou simplesmente que um dia eu fosse passar na frente do espelho e não teria reflexo.
Claro que eu também era viciada na trilha sonora (ainda tenho os CDs, haha). Ficava horas e horas escutando, e não preciso nem dizer que quanto mais dark a música, mais eu gostava, né? E ah, comecei a ver a novela por causa da minha mãe que era fã de Vamp (inclusive ela ia me dar o nome da protagonista Natasha, tá bom pra vocês? haha) então é de família essa vampiromania ~entendedores entenderão~.

3. Quando eu me sentia adolescente e rockeira por assistir Malhação e cantava ao som da Vagabanda.
Quase dois anos depois que O Beijo do Vampiro terminou, estreou a 11ª temporada da Malhação, uma das melhores até hoje e acho que a primeira que assisti. Mas o foco aqui não é a nostalgia, e sim todo o rock and roll que a Vagabanda e a trilha sonora em geral despertavam dentro de mim! Adorava a Natasha, e apesar de ainda ser uma menininha de 10 anos, queria um dia ter todo aquele estilo e atitude rocker que ela tinha. Aliás, em todas as temporadas (da época de ouro, claro) a Malhação se destacava pra mim por ter as melhores trilhas sonoras, as quais eu colecionava e me sentia super rockeira ao ficar escutando, hehe.

2. Quando me tornei emuxinha, ouvia Marilyn Manson e tirava foto fazendo biquinho.
Minha fase rockeira passou um pouco depois da fase Malhação, mas uns 3 anos depois voltou com força total (e está aí até hoje) quando estava na moda ser emo (não que emo e rockeiro sejam a mesma coisa). Mas devo confessar que eu era um emo meio fake, porque não ouvia nada que a galera escutava, só fingia ser fã, tirava as famosas fotos fazendo biquinho (que graças a Deus foram deletadas há tempos) e odiava minhas amigas que estavam na fase do pagode, haha. Já Marilyn Manson foi algo que marcou bastante porque vamos combinar que as músicas dele são simplesmente das trevas!Algumas dão medo de verdade.

1. Quando eu comecei a assistir Supernatural e descobri o que era rock de verdade. 
Foi mais ou menos em 2008 que o momento em que descobri o que era rock and roll de verdade chegou, quando descobri mais sobre os bons e velhos clássicos (antes, Queen já era minha banda favorita), por influência da série mais maravilhosarrr da minha vida: Supernatural. A trilha sonora da série somada à todo o estilo, principalmente do Dean, fizeram com que eu me apaixonasse pelo bom e velho rock n' roll. Foi a série que mudou minha vida e REALMENTE me fez rockeira, de uma vez por todas, de verdade dessa vez.

E vocês miguxos, quais foram os fatores decisivos na sua vida para que você se tornasse esse ser emo gótico rockeiro e vampiro que você é hoje? Haha mas falando sério agora, o que mais te influenciou a gostar de Rock? Conte pra mim nos comentários!

O Rotaroots tem o objetivo de resgatar a época de ouro dos blogs pessoais, incentivando a produção de conteúdo criativo e autoral, sem ser clichê e principalmente, sem regras, blogando pela diversão e pelo amor. Se você também quer participar e tornar esse mundo blogueiro um pouco mais old school, participe do grupo no Facebook.

Nos acompanhe nas redes sociais:

6 comentários

  1. Para o mundo, esse post zoeiro tem tudo a ver comigo KKKKK Me identifiquei com todos os pontos, eu A-M-A-V-A O Beijo do Vampiro e o que dizer da Vagabanda? ♥
    Esqueci de acrescentar na minha lista a fase emo, talvez porque até hoje eu tento esquecê-la hahaha. Beijos

    http://chuvadejujubas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana!
      KKKKKKKKKKK Morta que você também curtia essas mesmas coisas!
      Pior que dá muita vontade de esquecer a fase emo mesmo. Mas hoje em dia quando lembro dou muita risada kkkkk

      Excluir
  2. Oi, Jéssica! Tudo bem?
    Então, primeiramente eu gostaria de te dar um abraço virtual porque está para nascer outro post que eu me identifique mais do que esse aqui! hahaha Morgana era rainha, definitivamente ela era a hora mais esperada do Castelo Ra Tim Bum (ok, confesso, ela estava páreo a páreo com os "passarinhos, que som é esse?", mas como esse post é gótico, vou focar na coisa dark). Saudades de "O Beijo do Vampiro", estou mofando nessa tarefa de esperar a novela reprisar no "Vale a Pena Ver de Novo", mas sou brasileira e não desisto nunca (morri com a make na imagem haha). VAGABANDA <3 Nu, que nostalgia!!!!!!!!!!!!!! Marilyn Manson sempre foi medonho demais para mim, era por isso que seguia numa linha mais Evanescence dando uma de Amy Lee, me esgoelando em My Immortal e chorando loucamente. Pois é. Supernatural também mudou meus gostos musicais por influência do Dean, mas ates disso eu já estava amando loucamente AC/DC, então as coisas se encaixaram com a série. Mas enfim, melhor post gótico dark vampiro da blogosfera <3 hahaha Amei mesmo! Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que linda xarááááá! ~abraça~
      Nem me fala, espero até hoje por essa reprise! Lembra que na antiga abertura do Vale a Pena passava uma fotinha de O Beijo do Vampiro? Aquilo alimentava tanto as minhas esperanças, mas infelizmente não passou de uma ilusão :( E por favor, as makes da Amelie e da Nina (sim, eu lembro os nomes haha) eram as melhores e mais góticas do Braxxxxil KKKK
      Ain fiquei tão feliz com seu comentário, haha! E muito alegre que você tenha gostado tanto, nhac <3

      Excluir
  3. Gente e minha paixão pelo Kayke Brito? HSUIAHUSIHUAIHUSIH por causa do beijo do vampiro! S.O.S
    | A Bela, não a Fera |
    | FB Page A Bela, não a Fera|

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKK EU TAMBÉM ERA LOUCA POR ELEEEE!
      Passei uns ms 4 anos tendo ele como paixão platônica, haha.

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, dica, sugestão ou resposta ao post.
Um abraço, e volte sempre <3