RESENHA: A Seleção - Kiera Cass


A história de A Seleção se passa no ambiente distópico pós-IV Guerra Mundial, onde após ser invadido por China e Rússia, respectivamente, o Estados Unidos da America torna-se Illéa, um país governado por uma monarquia. Ali, a sociedade é dividida em oito castas, sendo a Um composta pela realeza, e a Oito por miseráveis e moradores de rua.
America Singer é uma jovem cantora integrante da casta Cinco, que assim como sua família tem a arte como fonte de renda, que aliás mal dá para a sobrevivência destes. Incentivada (e até mesmo subornada) por sua mãe e seu namorado proibido, Aspen, America se inscreve na Seleção, um reality show que busca encontrar uma esposa para o príncipe Maxon, que acaba de completar 18 anos e deve se casar.
Para sua surpresa, torna-se uma das 35 selecionadas para passar um tempo indeterminado no Palácio Real, disputando o coração de Maxon e a coroa.
Ali sofre com a solidão, a saudade de casa e também com um coração partido. Mas logo de cara tornou-se uma das favoritas do público, além de conquistar a confiança um membro muito importante da família real.

Confesso que num primeiro momento pensei em abandonar o livro devido ás semelhanças com Jogos Vorazes, uma distopia que gostei muito. Mas a partir de um certo ponto, ainda nas 100 primeiras páginas do livro, Kiera Cass me surpreendeu mostrando que sua história não teria tantas semelhanças com a outra trilogia como eu – e talvez outros leitores – tinha imaginado. Até arrisco dizer que a partir daí ela encontrou a essência de A Seleção, o que faria dessa trilogia algo diferente.
A protagonista consegue ser forte, inspiradora e até mesmo encantadora. Mas o que fez com que eu me encantasse de verdade pelo livro foi outro personagem: o príncipe Maxon *suspiros*.
Li todo o livro em 3 dias - em apenas uma noite li mais de 250 páginas, o que é um recorde para mim! A leitura é envolvente e flui facilmente, e acho que isso foi o que me prendeu.
Já tenho o segundo livro, A Elite, em casa, e não vejo a hora de começar a leitura. Mas como tenho uma “fila”, isso ainda levará algumas semanas. E talvez até mais, pois não aguentarei esperar quase um ano pelo terceiro livro, disso eu tenho certeza.


2 comentários

  1. comprei essa lindeza essa semana...
    esperando chegar <3
    Não curti a parte de lembrar jogos vorazes...
    assim não vou gostar
    TO BRINCANDO hauhuaha
    Sucesso Jess <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hihihi, thanks mulher *-----*
      Olha, só no começo é bem parecido... Depois, acho que a autora acordou pra vida e encontrou seu rumo KKK.
      Obrigadinha, pra vocês também *o* <3

      Excluir

Deixe aqui seu comentário, dica, sugestão ou resposta ao post.
Um abraço, e volte sempre <3